Nova proposta de reajuste é apresentada pelo SINEPE/RS na negociação da Educação Básica

As cláusulas econômicas nortearam a reunião entre o coletivo dos Técnicos e Administrativos e o SINEPE/RS na câmara da Educação Básica. Na tarde desta quinta-feira (22/4), após intensa cobrança dos trabalhadores, a patronal apresentou uma nova proposta de reposição do INPC na integralidade ainda em 2021, porém, de forma parcelada. 

Em comparação com a proposta anterior, que parcelava a reposição em três vezes, com a última prestação somente em 2022, houve um importante avanço. No novo texto, o reajuste será de 4% a partir de maio, e o complemento de 2,22%, a partir de novembro. 

Na defesa dos trabalhadores, os sindicalistas avaliaram como positivo o reconhecimento por parte da patronal de que a reposição do INPC é importante, porém, ressaltaram que “todo parcelamento é complicado, principalmente em um ano onde a inflação sentida na vida real é maior do que os números mostram”. Os Técnicos e Administrativos ainda levantaram a possibilidade de um abono para recuperar os valores perdidos. 

Por parte da patronal, a afirmação é de que a proposta já ultrapassa o compromisso que poderia ser firmado pelas instituições. “Foram feitos inúmeros cálculos e projeções. Estamos acima do nosso limite de negociação, porém, compreendemos tudo o que vocês nos passaram. Não temos nem a certeza se tal proposta passará em nossa assembleia”. Na próxima semana, o tema voltará a ser discutido na mesa de negociação. 

No segundo momento da reunião, destaque para o amplo debate na cláusula que trata sobre a união estável para fins de extensão de benefícios. Os trabalhadores não concordaram com a exigência feita pela patronal em relação aos documentos exigidos. “Há o consenso de que é necessária a apresentação de documento comprobatório, porém, não se pode exigir documentos que sobrepõe o que é exigido pela legislação”. 

Na próxima reunião, marcada para dia 29/4, além dos dois pontos acima citados, será também debatida a cláusula sobre a Lei Geral de Proteção de Dados. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *