Ulbra: acordo para pagamento das verbas rescisórias é aprovado

Os técnicos e administrativos demitidos da Ulbra, no Rio Grande do Sul, aprovaram por unanimidade a proposta de acordo coletivo judicial firmado entre o Sintep Vales e a instituição.

A assembleia, que ocorreu na noite de segunda-feira (21/01)  nas dependências da Universidade, teve grande participação da categoria, que ouviu atentamente a explicação do assessor jurídico do sindicato, Estevão Stertz.

Conforme o advogado, o limite máximo para quitação é de 20 parcelas, sendo que o valor mínimo pago mensal deverá ser de R$ 2.500. “Quem tem direito a receber dez mil reais, receberá este valor em quatro vezes”, exemplificou.

Ainda conforme a proposta, os pagamentos iniciarão em 15 de março, e as parcelas serão corrigidas mensalmente pelo INPC. Também haverá multa, já prevista na Convenção Coletiva, no caso de eventuais atrasos.
As diretoras Neca GiordaniMarli Magali Meinhardt e Ana Fatima Machry participaram da assembleia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *